Pega a pipoca que tem indicação de filme

20 de julho de 2015


Ficha técnica
Lançamento: Abril de 2015
Gênero: Comédia/Drama
Dirigido por:  Ian SBF
Distribuição: Imagem Filmes
Duração:1h40min















Entre Abelhas



Sinopse: Bruno (Fábio Porchat), um editor de imagens recém-separado da mulher (Giovanna Lancellotti), começa a deixar de ver as pessoas. Ele tropeça no ar, esbarra no que não vê, até perceber que as pessoas ao seu redor estão ficando invisíveis. Com a ajuda da mãe (Irene Ravache) e do melhor amigo (Marcos Veras), ele tentará descobrir o que se passa em sua vida.

O que eu gostei: O filme me surpreendeu positivamente, se você está lendo aqui achando que é comédia, por favor pare nesse momento. Há sim momentos de comédia, porém ela é uma comédia dramática e não uma comédia em si, como estamos acostumados a ver o Porchat fazer. Ele quebra estereótipos e te faz pensar, mostrou que os filmes brasileiros estão sim melhorando e muito.

O que eu não gostei: Há algumas partes que eu não gostei, pois não foram devidamente exploradas. Como o filme é de teor psicológico achei ok algumas partes não serem explicadas, mas algumas coisas necessitavam se desenrolar e ficaram faltando.

Personagem preferido e por que: A personagem de Irene Ravache, a mãe do Bruno. Não tenho como explicar como eu gostei dela, era uma mãe em busca de ajudar o filho e se metendo em poucas e boas em nome disso. Simplesmente gloriosa.

Recomenda para quem gosta de: Filmes com teor psicológico e para quem gosta de discutir um filme. Se você gosta de um típico filme hollywoodiano não vá assistir a esse.


Ficha técnica
Lançamento: Setembro de 2009
Dirigido por: Jaume Collet-Serra
Distribuição:Warner Bros
Duração: 2h3min













A orfã

Sinopse: Kate (Vera Farmiga) e John Coleman (Peter Sarsgaard) ficam arrasados devido a um trágico aborto. Apesar de já ter dois filhos, Daniel (Jimmy Bennett) e a surda muda Maxime (Aryana Engineer), o casal decide adotar uma criança. Durante uma visita a um orfanato, os dois se encantam pela pequena Esther (Isabelle Fuhrman) de nove anos e optam rapidamente por sua adoção. O que eles não sabiam é que estranhos acontecimentos fazem parte do histórico da menina que passa a se tornar, dia após dia, mais misteriosa. Intrigada, Kate desconfia que Esther não é quem aparenta ser, mas devido ao seu passado de alcoolismo tem dificuldades de provar sua teoria.

O que eu gostei: Foi um dos filmes mais surpreendentes que já assisti, eu via na internet as imagens da Esther e achava assustador, mas quando assisti percebi que ele era mais intrigante que necessariamente de terror. Eu gostei dele abordar com um jeito próprio um conflito de família e ir mostrando ao pouco o que realmente aconteceu para tudo ser levado para um lado mais sombrio.

O que eu não gostei: A burrice de certos personagens, todo o filme é impecável, mas há alguns fatos que me fazer ter vontade de dar um chacoalho para que as personagens percebam o quão errada estão e o John é alguém que me irritou muito.

Personagem preferido e por que? A Esther. Porque eu gostei da vilã? Porque simplesmente a atuação dela foi perfeita, você ficava apavorado por ela e curioso para saber o que a fazia ter certas atitudes, simplesmente ela foi impecável.

Recomenda para quem gosta de: Filmes surpreendentes, que não são um drama apelativo e que possuem um pouco de "realismo" em interações familiares. É um filme forte, mas não chega a ser assustador.


Recomendação por Carla Wolf do blog Vestindo Ideias.

--


Alguém ai já assistiu algum desses filmes? Deixe sua opinião aqui também!

● 

 Acompanhe também as redes sociais Facebook | Fanpage | Youtube | Instagram | Twitter | Google+

19 comentários

  1. Não vi nenhum desses ainda, adorei as indicações!
    Um beijo

    Dicas para Todas

    ResponderExcluir
  2. Eu já assisti A órfã há algum tempo e simplesmente adorei. Super indico também.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Legal! Ainda não vi nenhum desses dois

    Beijos,
    www.thalitamaia.com

    ResponderExcluir
  4. Não vi nenhum dos dois, fiquei interessada no primeiro.

    http://heytutty.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Ainda não vi esses filmes, mas gostei das dicas
    Boa semana.
    Big Beijos
    Lulu on the Sky

    ResponderExcluir
  6. Quero muito ver Entre Abelhas, adoro o Porchat!! <3
    E eu já vi A Órfã e gostei, ehehe ;)

    Beijos, http://quebrarosilencio.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Eu já assisti "A órfã", antes de assistir eu jurava que era um filme de exorcismo, demônio e coisas do tipo (convenhamos que a "menina" tem carinha de possuída kk), aí não tinha a minima vontade de assustar (leia-se "tinha medo" kk), mas um dia tava sem nada pra fazer, tava passando no sbt e resolvi assistir um pouquinho. Não achei o filme assustador, não dá pra ser classificado como terror (apesar de muitas pessoas o descreverem assim). Achei bem interessante, adorei ele. E realmente, John foi muito irritante em alguns momentos kk O "Entre abelhas" eu nunca assisti mas parece ser bom. Adorei o post, ficou ótimo!
    www.espacegirl.com

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Eu estou super ansiosa para assistir Entre Abelhas, justamente para ver o Fábio em um papel mais sério. Meu cérebro não está conseguindo processar a ideia, haha. Já A Orfã eu passo longe, filme de terror me aterroriza mais do que seria socialmente adequado admitir.
    Abraços purpurinados ♥
    Elisa,
    The Fat Unicorn

    ResponderExcluir
  10. Oie,

    Poxa, não consigo imaginar o Fabio em outro papel que não seja comédia. To super curiosa pra assistir, gosto muito de filmes com teor psicológico. Acho que o meu preferido brasileiro é "Bicho de 7 cabeças" que também mexe muito com questões psicológicas.

    Beijos.
    www.arte-em-prosa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Não vi nenhum dos dois. Parecem ser bons filmes. O Fábio Porchat é um bom ator. bjs

    ResponderExcluir
  12. Ainda não conhecia nenhum dos dois mas fiquei curiosa.
    Beijinhos
    http://virginiaferreira91.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  13. Já assisti os dois e gostei bastante. Uma coisa legal que ambos têm em comum é que no final tem uma reviravolta e acaba terminando diferente do que se imaginou o filme inteiro.
    Xerim :)
    www.trilouca.com
    Meu canal: http://www.youtube.com/user/blogtrilouca

    ResponderExcluir
  14. Não assisti (nem sabia da existência de) Entre Abelhas. O filme parece ser interessante, mas não sei como vai ser minha reação vendo o Fábio em um filme mais sério. Pelo menos parece ser sério. Não sei. Pretendo assitir; gostei da dica.

    Beijos,
    Bi.

    - www.naogostodeunicornios.com

    ResponderExcluir
  15. Boa tarde! Tudo bem?
    Estou tentando voltar com meu blog e gostaria que você voltasse por lá qualquer hora dessas, se puder, é claro.
    Desculpe o comentário copy-cola, mas somente dessa vez tô usando ele pra conseguir passar em todos os blogs e filtrar os que estão ou não ativos com rapidez. Espero que entenda.
    Beijinhos... te espero lá ;*
    www.espinhapunk.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. não stei do entre abelhas. achei que acabou mt do nada
    mas gostei da órfã, é bem legal
    bjs

    SacheeBombom

    ResponderExcluir
  17. Oi querida! esse do Fábio parece ser muito bom! fiquei curiosa pra saber o porque dele não ver as pessoas ! nunca tinha ouvido falar de alguma desordem mental que causasse isso...mas sinceramente prefiro os filmes Hollywoodianos rs cheios de efeitos especiais que me deslumbram kkkkk

    http://www.virtualparadisee.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. O filme da Órfã é demais está muito bom.
    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderExcluir

 
Desenvolvido por Michelly Melo.