Sim, a resposta é não

14 de abril de 2012

Eu queria poder me namorar, eu me compreendo, entendo o que pode e o que não pode fazer. Quando to irritada sei o porque, quando surge a TPM sei que preciso ficar quieta e sozinha, pois me estresso até com uma mosca que fica me rodando;ou mesmo quando fico sensível de mais e com vontade de chorar vendo comercial de margarina. Queria poder fazer isso, a só a mim me bastar, não me magoaria, não teria falsas esperanças com os outros, e principalmente não me decepcionaria. As bobeiras, também magoam sabia?! O que parece simples vendo por fora, é muito vendo por dentro. Provavelmente sou sensível de mais, sinto de mais sobre as coisas, mas, se eu fosse uma rocha e não sentisse nada, também iriam reclamar, então...

Você Laysa Milene de Souza de Oliveira, aceita namorar com a sua própria pessoa? Na boa? Não, quero alguém imperfeito, que me magoe as vezes, mas, que ao me reconciliar com essa pessoa, eu fique toda encantada com isso, me fazendo sentir uma felicidade enorme, como se meu mundo seguisse novamente, e não tivesse parado.

Escrito em: 16 de novembro de 2010

Nenhum comentário

Postar um comentário

 
Desenvolvido por Michelly Melo.